Skip to main content (Press Enter)
 

Canonização do Papa capturada e transmitida ao vivo em 4K Ultra HD

Em uma grande Transmissão Externa ao vivo, a cerimônia que ocorreu em Roma em abril de 2014, durante a qual o Papa Francisco canonizou os Papas João Paulo II e João XXIII, foi transmitida ao vivo em HD, 3D e em 4K Ultra HD.

A DBW Communication e a CTV, parceira da Sony

Centro Televisivo Vaticano (Central de Televisão do Vaticano; CTV), com os parceiros de instalações da DBW Communication e da Sony, produziram a transmissão de duas horas que aconteceu em 27 de abril, na Praça de São Pedro, em Roma, na primeira produção do tipo paralela. O evento também foi transmitido na Sky Italia.

A parte 4K da produção deu outra demonstração valiosa do poder do fluxo de trabalho 4K ao vivo da Sony. Feeds de seis câmeras PMW-F55 com back-ends de fibra ótica CA-4000 e duas filmadoras HD sem fio convertidas para 4K, foram codificados e distribuídos em quatro sinais 3G HD-SDI pela Globecast do caminhão de produção da DBW Communication para um satélite Eutelsat. Foi transmitida de volta para a sala Paulo VI do Vaticano para exibição em um aparelho de TV Bravia enorme em 4K.

Bem como as filmadoras F55 e HD, o switcher de vídeo MVX-7000X em configuração 4K, um sistema de monitor LCD 4K PVM-X300 profissional de 30 polegadas e o servidor PWS-4400 4K foram usados para gravar esse momento histórico.

A CTV é pioneira em tecnologia de ponta

Não é a primeira vez que a CTV utilizou 4K com a Sony. A última Audiência Geral do Papa Bento XVI, no dia 27 de fevereiro de 2013 também foi filmada em 4K, assim como a primeira Missa do Papa Francisco, celebrada em 19 de março de 2013, apesar de não terem ido ao ar ao vivo em 4K. As discussões com a CTV são frequentes para organizar outro evento para a projeção remota em 4K da cerimônia de canonização.

Estabelecido pelo Papa João Paulo II em 1983, a CTV filma as atividades do Santo Padre e da Santa Fé - o governo central da Igreja Católica Apostólica Romana - e produz seus próprios programas, fornece filmagens para outras emissoras e mantém um extenso arquivo para uso futuro.

Investiu consideravelmente na tecnologia da Sony. O que inclui 24 câmeras OB16 com infraestrutura 3G completa para ação 4K; uma instalação de controle completamente sem fita posicionada na plataforma de gerenciamento de ativos do Media Backbone da Sony, e a digitalização de um arquivo com duração de 10.000 horas de fita na solução de armazenamento em Arquivo de Disco Óptico da Sony.

A DBW Communication com sede em Roma também investiu em seis redes F55 ao vivo utilizando a CA-4000 e a BPU-4000.

Arquivamento em 4K em Arquivo de Disco Óptico

“O objetivo do Vaticano é desenvolver produções que aumentem o envolvimento das pessoas e fornecer formatos mais amplos de arquivo,” explicou o Diretor Técnico da CTV, Stefano D’Agostini. “Ultra HD dá detalhes incríveis e qualidade emotiva real. Enxergamos o 4K como a mais alta qualidade para armazenar material no futuro”.

Neste aspecto, o mais importante foi a masterização da canonização em resolução 4K em Arquivo de Disco Óptico. A filmagem em 4K foi gravada ao vivo no servidor PWS-4400 4K em formato XAVC (4:2:2 10-bit) e então transferida para arquivamento em Arquivo de Disco Óptico, com a DBW Communication cuidando dos arquivos visuais para arquivamento.

“Com a tecnologia da Sony, esse evento histórico será assistido próximo a realidade por centenas de milhões de espectadores”, comentou David Bush, diretor de marketing da Sony Europa.

Produções paralelas em HD, 3D e 4K

O objetivo principal do evento era explorar ainda mais o quão diferente funcionam os cenários de produção em prática ao integrar formatos diferentes. Os três diretores para as produções em 3D, 4K e HD podiam acessar os feeds uns dos outros. HD podia ser convertido para 4K, e o 4K poderia ser oferecido com uma conversão para baixo para HD. A imagem 4K também podia ser "cortada" [com zoom] e oferecida à produção em HD já que uma produção em 4K oferece imagem HD com melhor qualidade.

A cerimônia em si foi única porque pela primeira vez dois Pontífices foram canonizados de uma vez; e também foi a primeira vez que dois Pontífices vivos presidiram uma canonização (o Papa emérito, Bento, que renunciou ao cargo no ano passado, compareceu à missa). Cerca de um milhão de peregrinos encheram Roma para tentar assistir ao evento, com meio milhão de pessoas na Praça de São Bento.

Saiba mais sobre Produtos de Transmissão